Cerratinga

Pitomba

>> Clique e acesse os Produtos, Produtores e Receitas com esta espécie
Espécie da Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica e Cerrado

A pitomba (nome científico: Talisia esculenta), também conhecida como olho de boi, pitomba da mata e pitomba de macaco, é o fruto da pitombeira, árvore que pode alcançar mais de 10 metros de altura. Seu nome é originário do tupi e significa sopapo, bofetada ou chute forte.

Pitomba (Foto: DoDesign-s)

Pitomba (Foto: DoDesign-s)

A árvore pode ser encontrada em quase todo o Brasil, especialmente na Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica e Cerrado. Ocorre também na Bolívia e Paraguai. A fruta possui uma casca dura, porém fácil de ser aberta, uma fina polpa suculenta e doce, além de um caroço que ocupa a maior parte do seu conteúdo. A casca, quando madura, é marrom e sua polpa, branca.

A pitomba mede aproximadamente dois centímetros de diâmetro, dá em cachos, é rica em vitamina C e pode ser consumida in natura ou beneficiada na fabricação de licores ou polpa. Diversos pássaros também a tem no seu cardápio.

A árvore é amplamente cultivada em pomares domésticos e floresce de agosto a outubro. Os frutos amadurecem de janeiro a março e são comercializados nas feiras das regiões Norte e Nordeste do país. As sementes são tidas como antidiarréicas e usadas como adstringentes. O chá das sementes é utilizado para amenizar os problemas de desidratação. Por outro lado, o chá das folhas é indicado para as “dores de cadeira” e para os problemas renais.