Cerratinga

6/06/2014

Encontro e Feira dos Povos do Cerrado recebe exposição de fotos “Coletores do Cerrado”

VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado lança exposição inédita do fotógrafo Bento Viana. Imagens retratam a diversidade do bioma em paisagens e modos de vida tradicionais.

Extrativismo do cacho do Buriti na região de São Felix do Araguaia-MT

Extrativismo do cacho do Buriti na região de São Felix do Araguaia-MT

Foram mais de 10 mil cliques em várias viagens pelo norte de Minas Gerais, Mato Grosso, entre outros estados. O fotógrafo Bento Viana lança, com exclusividade, fotos de pessoas, frutos e cenários do Cerrado no Brasil durante o VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, que acontecerá de 05 a 08 de junho de 2014, no complexo cultural Funarte.

Com o apoio do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e parceria da Rede Cerrado, a mostra é um testemunho de que o bioma abriga rica natureza e ampla variedade de espécies de plantas usadas como forma de sustento pelas comunidades locais. Além disso, o bioma é caracterizado pela presença de comunidades extrativistas, indígenas, quilombolas e de agricultores familiares, dentre tantos outros grupos sociais que vêm conservando as áreas naturais por gerações e gerações.

Após lançar, recentemente, o livro ‘Do céu, Brasília’ o fotógrafo quer colocar os holofotes em uma de suas grandes paixões na fotografia, a natureza, chamando a atenção do público para o uso sustentável da sociobiodiversidade como estratégia fundamental para conter o acelerado avanço da fronteira agrícola, que descaracteriza a paisagem de árvores tortas dando lugar extensas plantações de soja, algodão, cana, eucalipto e pastagens para rebanhos de gado.

Para Bento Viana, este trabalho é a representação de um Brasil ainda desconhecido por muitos. Através de cores fortes e um minucioso estudo de luz, o fotógrafo conta que espera “proporcionar uma viagem ao Cerrado. Encantar e cativar as pessoas para os detalhes deste bioma, além de mostrar o quão bonito é e pode continuar a ser se ele continuar sendo preservado”.

A exibição terá como espaço a galeria Fayga Ostrower e reunirá 20 fotografias.

Sobre o VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado

A VIII edição do “Encontro e Feira dos Povos do Cerrado” acontecerá entre os dias 05 e 08 de junho, no Complexo Cultural Funarte, Brasília-DF. O evento celebrará o Dia Mundial do Meio Ambiente – 05 de junho -, com uma rica programação de debates, mesas redondas, seminário, além da extensa programação cultural e da feira da sociobiodiversidade do Cerrado. Gratuito e aberto ao público, contará também com um espaço gastronômico onde chefs de cozinha participarão de workshops de intercâmbio de conhecimento sobre a diversidade de espécies típicas do bioma e as possibilidades de uso delas no universo da culinária.

Os principais eixos de discussão serão território, biodiversidade, água e cultura. Nesse sentido, cerca de 700 representantes de comunidades tradicionais, indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, quebradeiras de coco, agricultores familiares de 12 estados de incidência do Cerrado, se reunirão para discutir os desafios relativos a estes temas e propor diretrizes de uma agenda consistente que garanta o fortalecimento da conservação e uso sustentável do Cerrado.

O evento tem o patrocínio da Petrobras, Fundação Banco do Brasil, Funarte, Anvisa, e parceria do MMA, MDA, MDS, MinC, Ministério da Saúde, CONAB, FUNAI, ICMBio, MPF, EMATER-DF, ISPN, PNUD, Central do Cerrado, Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, WWF-Brasil, Fundação Palmares, SlowFood, Rádio Cultura FM, Secretaria de Estado da Cultura, GDF, CONAB, INCRA, IBAMA, CESE e UnB.

Acesse no link o hotsite para mais informações sobre o VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado: http://bit.ly/1oawoO0


Conteúdo relacionado: Capa, Notícias, Releases